Skip navigation

Existem duas linhas de interpretação da evolução passada da Terra e uma que as une.

Catastrofismo

Segundo o catastrofismo as mudanças ocorridas seriam pontuais, dirigidas e sem ciclidade

Uniformitarismo

  • Os acontecimentos do passado são resultado de forças da Natureza idênticas às que se observam hoje em dia (Actualismo Geológico);
  • Os acontecimentos geológicos são o resultado de processos lentos e graduais da Natureza (Gradualismo).

Assim James Hutton concluiu que “O presente é a chave do passado”.

As leis da natureza são constantes. Assim o estudo dos processos geológicos atuais permite interpretar a evolução geológica, “encaixando” os registos geológicos impressos nas rochas e em suas estruturas como em um quebra-cabeças.

Neocatastrofismo

Esta teoria reconhece o uniformitarismo como o guia principal para entender os processos geológicos, mas não exclui catástrofes ocasionais que enham contribuido para eventuais alterações localizadas na superficie terrestre.

Fonte:

  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Uniformitarismo
  • Amparo Dias da Silva, Almira Fernandes Mesquita, Fernanda Gramaxo, Maria Ermelinda Santos,Ludovina Baldaia e José Mário Félix, Terra, Universo de Vida – Biologia e Geologia – 10.º ou 11.º (Ano 1),Porto Editora, 2007, 192 páginas, ISBN: 978-972-0-42170-8

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: